Doação de órgãos na Holanda: saiba como funciona

10
Atualizado em
como fazer para ser doador de órgãos na Holanda
(Foto: Freepik)

A doação de órgãos na Holanda funciona de uma maneira bem diferente da do Brasil.

É que uma nova lei que entra em vigor a partir de julho de 2020 determina que todo residente registrado na Holanda e maior de 18 anos é automaticamente um doador.

Peraí: então quer dizer que eu sou obrigado a doar meus órgãos quando bater as botas? Calma, também não é assim!

Como eu faço para escolher se quero ser ou não doador de órgãos na Holanda?

A Holanda tem um site com o Registro de Doadores de Órgãos – o Donorregister. Nele, você escolhe se quer ser ou não doador de órgãos. Há 4 opções disponíveis:

1. Sim, eu autorizo a doação de órgãos

2. Não, eu não autorizo a doação de órgãos

3. Meu parceiro ou família irá decidir: neste caso, quem vai tomar a decisão sobre a doação dos seus órgão será o seu parceiro (cônjuge, parceiro registrado ou não) ou a sua família – a lei considera como família pais, filhos, avós, irmãos ou netos seu ou do seu parceiro, desde que seja maior de 18 anos.

4. Uma pessoa por mim escolhida irá decidir: ao escolher esta opção, você deve incluir também os dados da pessoa que será responsável pela decisão. Não há problema em escolher uma pessoa que não more na Holanda. Só não se esqueça de manter os dados do contato sempre atualizados.

Ah, mas e se eu mudar de ideia depois de um tempo, como faz? Não tem problema! Você pode sempre voltar no site e alterar os dados. :)

E se eu não me registrar no site, o que acontece? Aí é que tá o pulo do gato! Com essa nova lei, quem não se registrar no Donorregister e for maior de 18, automaticamente se torna doador. Simples assim.

Por isso, quem ainda não se registrou está recebendo uma carta explicando sobre essa nova lei. Depois da data limite (01/07/2020), quem ainda não tiver se registrado ainda vai receber mais duas cartas avisando para fazer a sua opção. Se mesmo assim ela não se cadastrar, daí ela se torna doadora.

panfleto de doação de órgãos enviado pelo governo holandês para os cidadãos
Também tem esse panfleto explicativo aí da foto. Depois nem dá pra reclamar que ninguém avisou... (Foto: Donald Trung Quoc Don (Chữ Hán: 徵國單) - [CC BY-SA 4.0], via Wikimedia Commons)
Além disso, também é enviada a carta sobre doação de órgãos para quem completa 18 anos, assim como para acabou de se mudar para a Holanda. Tudo bem transparente para você ter a sua decisão respeitada.

Como verificar seu status de doador

Se você não se lembra se é doador na Holanda ou não, é só consultar o site Donorregister – o mesmo onde se faz o cadastro. Você também pode alterar os seus dados, se quiser.

E você, o que achou dessa lei? As pessoas deveriam ser automaticamente doadoras de órgãos, a não ser que se manifestem ao contrário? Você acha que no Brasil deveria ser assim também? Conta aí nos comentários! :)

ECONOMIZE COM O HOLANDESANDO: Booking.com

10 COMENTÁRIOS

  1. tem que ja deixar avisado ne, assim a pessoa pode continuar vivendo e ainda ajudar outra, sou a favor da doação e achei interessante vc escrever sobre isso. eh uma coisa q imigrantes nao pensam muito ne, ja q estamos preocupados sempre em se adaptar, pagar as contas, impostos e tudo mais

  2. Excelente iniciativa, a doação de órgãos pode salvar tantas vidas e ainda é um tabu. O Brasil deveria realizar ações como a da Holanda para acabar com o sofrimento de quem espera nas longas filas por um doador.

  3. Em Portugal também é assim. Eu acho bem. Você é automaticamente doador, a não ser que expresse vontade de não ser. Isso salva muitas vidas todos os anos.

  4. A Holanda sempre inovando. Particularmente acho que em todos os países deveria ser assim. Só quem já passou por isso (ou teve algum familiar que precisou de algum transplante de órgãos) sabe a dificuldade que é conseguir um. Sou 100% a favor da doação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.