Ano Novo na Holanda: mergulho no mar gelado de Scheveningen

Mergulho de Ano Novo: o mar é o limite (ou não)

Se tem uma holandesice que eu sempre me prometi um dia fazer era essa: dar um mergulho no mar geladíssimo da Holanda no primeiro dia do ano. E por quê?

Ora, porque quando você resolve morar definitivamente em outro país, é importante tentar se integrar. Então eu queria holandesar logo no que mais me convinha: nas joselitagens. E tem coisa mais sem-noção do que botar sua roupa de banho em pleno inverno e dar um tchibum básico pra comemorar o Ano Novo? Só podia ser coisa de holandês mesmo!

Mergulho de Ano Novo na Holanda: participantes se vestem de Power Rangers

Vocês tão vendo aí como holandês é da zoeira, né? GO GO Power Rangers!

E antes que alguém me corrija: sim, essa tradição existe em vários países. Mas a coisa pegou forte por aqui, onde todo ano é registrado o maior número de participantes: oficialmente foram 51 mil em 2016, sendo 10.000 só na praia de Scheveningen, em Haia, onde eu participei. Considerando ainda que o país tem 16 milhões de habitantes… é gente pra caramba!

Como participar do mergulho de Ano Novo na Holanda

Pra participar do tradicional mergulho de Ano Novo, ou Nieuwjaarsduik, é simples. É só chegar no píer na praia de Scheveningen a partir das 10h30 e se inscrever (para ver onde participar em outras cidades da Holanda, clique aqui). Como o limite era de 10.000 inscrições, cheguei meia hora antes pra garantir. E já tinha uma fila boa.

fila para o mergulho de ano novo no mar gelado de Scheveningen, na Holanda

Entrar no mar gelado, tudo bem. Mas fila??? Poxa!

A taxa de inscrição é de 3 euros e te dá direito a um kit com:

  • Um gorro da Unox (marca de sopa que patrocina o evento);
  • Uma lata de sopa de ervilha – sabor supertradicional por aqui;
  • Um distintivo pela participação, pra guardar de lembrança;
  • Uma latinha de vaselina, porque reza a lenda que, se você passar no corpo antes do mergulho, sente menos frio (e você aí dando risadinha, que eu sei :P ).
Mergulho de Ano Novo na Holanda - prêmio de participação

Nos outros anos eles davam luvas também, mas pelo jeito teve corte no orçamento desse ano… FUÉN!

O lado bom é que parte desse dinheiro coletado ainda vai pra instituições filantrópicas. Acaba sendo uma loucurinha do bem. :)

Aquecimento para o mergulho de Ano Novo

O mergulho começa às 12h30, então tem tempo suficiente pra participar das brincadeiras que os animadores fazem pra galera ir se aquecendo, se preparar psicologicamente pra empreitada e ver o desfile de moda da galera por lá. Dá uma olhada na galeria abaixo – é só apertar as setinhas nas laterais:

  • Nieuwjaarsduik 2016
  • alt
  • alt
  • alt
  • alt
  • alt

E olha que eu dei sorte porque esse ano não estava tão frio como de costume. Explico: estava fazendo tropicalientes 5 graus, com sensação térmica de 2, oi luara, no coração da gente. Já a temperatura da água era de NOVE GRAUS. Que dentro d’água é melhor, a gente entende fácil. O problema é só entrar!

A largada para o mergulho: salve-se quem puder!

Correndo em direção ao mar gelado para o mergulho de ano novo em Scheveningen, na Holanda

Corre, que é tiro!

Na hora da largada a correria é generalizada. A minha estratégia era simples: não ficar muito na frente, porque sabia que não daria conta de correr muito e, a cada um passo que eu pensasse em dar pra trás, eu teria de dar 2 pra frente. O que me garantiria escrever esse post da costa brasileira, provavelmente.

Mas a corrida é praticamente um arrastão, então você nem tem muito que pensar: é só correr junto pra não ser atropelado! Como eu disse, eu fugi do pelotão da frente e corri como pude. Ruim mesmo foi correr com uma crise de labirintite, mas nem por isso me deixei abater. É como dizem por aí: pior do que tá não fica. Então… JERÔNIMOOOOOOOOO!

Como foi a experiência?

Gelada, amigo, muito gelada! É a primeira palavra que me vem à cabeça. E sair do mar e perceber que você não sente mais nada da cintura pra baixo é uma loucura. Mas o pior foi o maridón que se atrapalhou e não filmou que a loucura foi tanta, que eu realmente achei que tava melhor no mar e voltei pra mais um mergulho!

Aliás, isso é um aviso muito importante que eu preciso dar: não é pra mergulhar de cabeça e tudo, não! Caso contrário, ninguém nem correria de gorro, né? A maioria se molha até a cintura. Sair do mar gelado com o cabelón molhado no inverno daqui é loucura demais até pra holandês!

Mergulho-de-Ano-Novo-na-Holanda

Daí eu tive mais tempo pra ficar na praia bancando o Daniel San

Tirando essa parte do cabelo, quando você sai do mar em definitivo, nem importa se você tá só de biquíni ou de agasalho, porque você não sente mais a diferença.

Mas vovó sempre avisou pra eu não tomar friagem – ainda mais ela, coitada, que sofre de terríveis dores nos mocotós por causa disso – e tratei de botar meu pijaminha quentinho de volta. E ainda teve sopa panóis no final!

Tomando a tradicional sopa de ervilha holandesa depois do mergulho de ano novo na Holanda

Nada de frango ou farofa na praia. Nessa friaca, tem que ir de sopa mesmo!

Se eu voltaria? Quem sabe? Mas o ano mal começou e eu ainda tenho uma porção de coisas grandes pra conquistar e não posso ficar aqui parada… então continue acompanhando o blog e a página no Facebook e inscreva-se no Youtube pra ver futuros vídeos, porque logo tem mais aventura por aí!

E você, já passou por essa experiência? Teria coragem de participar? Conta aí nos comentários! :)

Serviço

Mergulho de Ano Novo – Nieuwjaarsduik 2017
Data: 01/01/2017
Concentração a partir das 10h30 e largada às 12h00
(limite de 10.000 participantes)
Píer da praia de Scheveningen, Haia
Entrada: 3 euros
Mapa
Clique aqui para o site oficial com informações sobre o evento (também em outras cidades)

Booking.com

14 Comments

  • comment-avatar
    Destinos & Afins 13/01/2017 (16:21)

    Hahahaha eu jamais faria isso! Fujo até de agua gelada de cachoeira no verão do RJ!!

  • comment-avatar
    Juliana Moreti (www.turistando.in) 27/12/2016 (23:38)

    hahahahahaha
    Louca de pedra!
    rs
    Adorei o teu texto! Ri muito!
    😉

  • comment-avatar
    Camila Torres 26/12/2016 (01:39)

    Não fiquei com inveja nenhuma dessa maluquice!

  • comment-avatar
    Camilla Kafino 26/12/2016 (00:10)

    que gelada louca!!! Mas é o tipo de coisa que eu curto 😀 quem sabe um dia eu me aventuro num ano novo desse por aí?! adorei a coragem.

  • comment-avatar
    Ana Coutinho 24/12/2016 (22:00)

    Caramba que maneiro! E que animação hehehe 5 graus não é pra qualquer um kkkk

  • comment-avatar
    Amilton 24/12/2016 (19:47)

    Que delicia ler o seu post, adorei! Sou do tipo que topa todo tipo de experiência, então essa dai já tá na minha lista! Abraços

  • comment-avatar
    Lucas Lira 24/12/2016 (17:15)

    Que experiência doida kkk Mas muito interessante! Coragem!
    Boa postagem!

  • comment-avatar
    Lucas Nascimento 24/12/2016 (16:44)

    HAHAHAHA! Galera louca…

  • comment-avatar
    Juliana Almeida 24/12/2016 (16:04)

    Que experiência louca! <3 Deve ser demais fazer um mergulho nesse frio! Adorei seu relato!

  • comment-avatar
    Itamar Japa 24/12/2016 (12:43)

    Haha, como dizem, tem louco pra tudo, mas tenho certeza que é uma experiência muito marcante. 🙂

  • comment-avatar
    Amigas Viajantes 24/12/2016 (11:27)

    Delicia de programa, mas pra mim não ia dar. A não ser que você tenha esquecido de digitar o 3 na frente do 5graus … Kkkk

    • comment-avatar
      Robbie Robbie 24/12/2016 (15:22)

      Quem me dera fosse erro de digitação, viu!! 😛

  • Réveillon - Onde passar (ou não) o seu! - Entreviagens 17/12/2016 (17:05)

    […] Holanda – blog Holandesando […]

  • comment-avatar
    Rafa Gushi 06/01/2016 (20:24)

    Louca!!! Ficou toda congelada!!! Vale a pena mais pela farra aí do povo, rs….