Réveillon na Holanda: fuja de Amsterdã e vá para a praia! (Atualização importante)

Atualização: a tradicional fogueira de Ano-Novo na praia de Scheveningen foi cancelada em 2019. Saiba mais.

16
Atualizado em
O Réveillon em Schevenigen na Holanda é uma ótima alternativa a Amsterdam, com a maior fogueira do mundo, mergulho e lindos fogos de artifício

Há quem sonhe em passar o Réveillon em Amsterdã. Eu também já fiz parte desse grupo. Mas é com tristeza que eu confesso: meu primeiro (e único) Réveillon em Amsterdã foi miadíssimo.

Muita chuva, turistada bem jovem e de cara cheia (cof, cof) e uma galera sem-noção que acende rojão bem no meio da multidão.

Pra fugir da chuva, do frio e dos rojões, a única opção que restou foi cair na balada. O problema é que a gente tá velho não tava no pique pra isso. Pra tentar compensar, o maridón prometeu que o ano seguinte seria diferente. E foi mesmo!

Um ano depois, eu estava decidida a participar do tradicional mergulho de Ano-Novo. Daí que eu já estava com tudo pronto para passar o Réveillon na praia de Scheveningen, em Haia, quando o maridón me manda essa:

“Você vai gostar do Réveillon de lá, você vai ver. Além da queima de fogos, tem uma fogueira bem legal.”

gif meme david bowie is not impressed (incrédulo)
Fogueira??? Mas isso é Ano-Novo ou Festa de São João???

Três Réveillons seguidos em Scheveningen depois, sou obrigada a dar o braço a torcer: adoro passar o Ano-Novo lá!

Onde ficar em Scheveningen: encontre hospedagem aqui

Queima de fogos no píer da praia de Scheveningen, em Haia, na Holanda. Assistir aos fogos de artifício lá é uma ótima alternativa ao ano-novo na Holanda
A queima de fogos em Scheveningen é um arraso! (Foto: Maurice – CC BY-NC-SA 2.0)

Além de ter uma queima de fogos animal – afinal, Scheveningen é famosa por isso –, a fogueira que eles acendem logo em seguida é coisa de louco! Ou de holandês, o que dá na mesma!

A praia de Scheveningen, na Holanda, tem o recorde mundial no guinness de maior fogueira do mundo
Aqui a fogueira já estava quase no final. Sentiu o drama?

Mas afinal de contas, qual é a graça de se fazer uma fogueira de Ano-Novo?

Elementar, meu caro Watson: é inverno por aqui! Portanto, esse fogaréu todo é o nosso passaporte pra festejar na praia à vontade. Sem passar frio! Mas não é só isso, não!

Pra quem mora na região, tem muito mais em jogo. Todos os anos rola uma competição entre Scheveningen e a praia vizinha, Duindorp, pra ver quem faz a maior fogueira de Ano-Novo. É isso aí: não é uma fogueira só, não. São duas! A rivalidade entre as duas praias é tão acirrada que foi parar até num livro: o Guinness.

Fogueira de Ano-Novo na Holanda: recorde mundial

Atualmente a praia de Scheveningen detém no Guinness o recorde de maior fogueira do mundo. Em 2015 a construção passou os 33 metros – quase a altura de um prédio de 11 andares! E de quem era o título antes? De Duindorp, claro!

As duas praias vivem alternando o título de maior fogueira, lutando eternamente para superar o recorde da outra. Ou quase isso.

Como o céu é o limite pra essa gente, a prefeitura resolveu intervir. Por motivos de segurança, a regra agora é que vence quem alcançar a altura de 35 metros primeiro. Ou quem fizer a maior construção dentro desse limite no prazo de 5 dias.

Então quem passa por Scheveningen ou Duindorp a partir de 27 de dezembro encontra uma galera ocupadíssima na praia empilhando pallets, conseguidos através de doações e patrocinadores.

pilha de pallets para a fogueira de ano novo em duindorp, em haia, na holanda.
A pilha de pallets em Duindorp já estava quase pronta quando eu apareci lá pra meter o dedo…

Pensar que tudo isso teve origem com outra tradição holandesa: a de fazer fogueira com as árvores de Natal. Era a forma nada ecológica de descarte antigamente. Daí os vizinhos juntavam suas árvores e ateavam fogo nelas no meio da rua. O que poderia dar errado, não é mesmo?

Vidro das janelas das casas estourando por causa do calor absurdo, será?

E lá foi a Prefeitura meter o bedelho outra vez e tentar organizar a bagunça. Como as comemorações na Holanda sempre tomam proporções gigantescas (toda a fantasia criada em torno do Sinterklaas taí de prova), o resultado é esse aí que a gente conhece hoje. E quando dá meia-noite… aí o bicho pega!

Curtindo o Réveillon em Scheveningen: as crônicas de gelo e fogo

Primeiro vem a queima de fogos. Quem acompanha a página Holandesando no Facebook pôde ver (quase) ao vivo um pedacinho de como foi:

Em seguida, a fogueira na praia é acesa. O acesso à areia é bloqueado, então nós assistimos a tudo do Boulevard de Scheveningen, em segurança. Não demora muito e eu já estou abrindo o casaco. Isso é só o começo.

Calma, não fiz strip tease na praia, não! É que o fogo aumentou de um jeito que eu já tava me sentindo a própria Daenerys Targaryen, Filha da Tormenta, a Não Queimada e mais todos os 500 títulos que ela ostenta. O calor é tanto que acho que se trouxessem os ovos de dragão, daria pra chocar numa boa!

Daenarys Targaryen voando em seu dragão e dando comando de Dracarys, que cospe fogo e queima as pessoas em volta
Que bom que não apareceu nenhum dragão. Vai que eu me empolgo e saio dando meus Dracarys por aí…

Essa é a primeira parte da comemoração. Mas pro clima Game of Thrones ficar completo, não basta o fogo. Tem que ter gelo também. Ou, vá lá, uma água beeeem gelada!

Sim, estou falando do Mergulho de Ano-Novo que acontece no primeiro dia do ano. São 10 mil participantes em Scheveningen que se jogam no geladérrimo Mar do Norte!

Mergulho de Ano Novo na Holanda Scheveningen
O bom é que o mergulho na água gelada cura qualquer ressaca!

Eu estive lá e não foi só pra assistir, não: botei meu biquíni e dei meu tchibum na água! Veja aqui como foi a experiência de participar do Mergulho de Ano-Novo. Quem sabe no final você não se empolga e vai também, nem que seja só pra assistir? :)

Atualização 2019: Parece que o jogo virou

Estava tudo indo muito bem até a chegada de 2019. Tudo corria normalmente até que, com a mudança de direção do vento, a tradicional fogueira de Ano-Novo começou a espalhar “faíscas de fogo” por toda a região. Como eu estava lá na hora, pude registrar tudinho. Teve até tornado de fogo!

Os bombeiros foram acionados e a polícia dispersou a multidão no boulevard da praia (muita gente não queria sair de lá de jeito nenhum!). Felizmente, nada de pior aconteceu.  UFA! Mas afinal de contas, o que deu errado?

Lembra que, pra manter o evento seguro, a Prefeitura havia autorizado uma fogueira de até 35 metros de altura? O problema é que Scheveningen, querendo a qualquer custo vencer a competição, construiu 48 metros e mandou ver! Combinado com a tal mudança no vento, deu no que deu…

A partir daí, foi um ano inteiro esperando pra saber o que seria decidido para o próximo réveillon. A coisa deu tão ruim que até a prefeita de Haia deixou o cargo. Finalmente, em dezembro, uma primeira decisão.

A princípio, foi definido que a fogueira passaria a ter apenas 10 metros de altura. Mas logo em seguida, veio uma nova decisão: a fogueira de ano-novo estava cancelada. E aí a coisa ficou feia.

O pessoal de Duindorp ficou completamente pistola com o cancelamento e botou pra quebrar. Literalmente:

Dada as atuais circunstâncias, infelizmente eu não posso recomendar o Réveillon 2019-20 por lá, principalmente em Duindorp. Espero ter melhores notícias para os próximos anos e atualizo o post quando tiver novidades sobre a questão.

Seja em Amsterdã, Scheveningen ou em qualquer parte do mundo, o Holandesando deseja a você um ótimo Ano-Novo, com muita diversão! Até o ano que vem! ;)

Serviço

Réveillon em Scheveningen
Dia 31 de dezembro, a partir da meia-noite
Strandweg 9, Praia de Scheveningen, Haia | mapa
Grátis


Fontes:
Omroep West
Vreugdevuur Scheveningen
Wikipedia

Imagem Destacada: © Holandesando / Maurice (CC BY-NC-SA 2.0)

ECONOMIZE COM O HOLANDESANDO: Booking.com

16 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Estamos planejando passar o próximo ano novo lá com uma criança de 8 anos. Vc tem alguma sugestão de lugar para jantarmos antes da meia noite??

    • Oi, Maria! Essa é a pergunta mais simples de responder: holandeses jantam super cedo, então reservar horário cedo não é problema algum por aqui. A ceia é algo bem incomum, mesmo em datas comemorativas como natal e Réveillon. Só não ficou claro pra mim em qual cidade você está planejando passar o ano-novo, vai ser em Haia mesmo?

      Abraços!

  2. Simplesmente incrível! Uma competição entre duas cidades para fazer a maior fogueira, nunca imaginaria que existisse uma coisa dessas… e depois dar um tchibum na água gelada, deve ser a sensação mais louca do mundo. Obrigado por compartilhar!

  3. Nossa que exótica essa fogueira de fim de ano. Nunca tinha ouvido falar e parece que é um sucesso mesmo. Parabéns pela coragem de mergulhar nesse mar gelado mas o melhor foi a dica de passar um reveillon bacana

  4. Achei massa! Para ver uma festa assim eu até me animaria a passar o ano novo fora do Brasil. Gostaria de ver o fogueirão, mas mergulhar no mar gelado… hummm, não sei não.

  5. Nossa nunca tinha ouvido falar de uma fogueira de ano novo, mas deve ter sido bem diferente hein?! Eu gostaria de ver de perto.

  6. Ai caramba, ficar de bikini nesse inverno do Norte da Europa não encaro. Já festejar em redor da fogueira, vamos nessa! Que pilha gigante de pellets, não admira que tenha entrado para o Guiness.
    Feliz Ano Novo, by the way

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, deixe seu comentário
Insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.