Sinterklaas: 6 coisas que você precisa saber sobre o Papai Noel holandês

  • Desfile do Sinterklaas em Amsterdam (Sinterklaasintocht)

Sinterklaas é uma das datas preferidas dos holandeses. Confira tudo o que você precisa saber sobre essa tradição típica da Holanda.

1. Parece com o Papai Noel, mas não é

Todo fim de ano um velhinho muito bonzinho aparece com seus ajudantes para presentear as crianças que se comportaram bem. Quem não conhece essa história? A diferença é que na Holanda não é o Papai Noel quem faz isso.

Na verdade, o velhinho daqui é o Sinterklaas. Mas não é mera coincidência que as histórias se pareçam.

A inspiração de ambas as personagens é a mesma: o bispo São Nicolau de Mira. Inclusive há quem acredite que foram os holandeses que exportaram a tradição mundo afora. Afinal, até o nome é parecido com o usado nos Estados Unidos: Santa Claus. Mas é só bater o olho que você vai saber quem é quem:

Sinterklaas com seu cavalo Amerigo e o ajudante Zwarte Piet

Se veste como bispo, tem físico mais em forma, anda no seu cavalo Amerigo e conta com o ajudante Zwarte Piet. O Sinterklaas é mesmo todo diferentão. (Foto: Vijay Kiran/Flickr [CC BY-NC-ND 2.0])

Além de o aspecto físico ser outro, o Sint-Nicolaas, como ele também é chamado, vira e mexe dá uns sinais de que anda meio gagá. Dá pra entender, já que ele é um senhor de alguns séculos de idade. Ainda bem que ele conta com os seus ajudantes, chamados de Zwarte Piet (Pedro Preto). Só tem um probleminha.

O Zwarte Piet é superatrapalhado. Essa combinação cria toda uma expectativa para a chegada do Sinterklaas, que é um verdadeiro acontecimento. Digno de teoria da conspiração, eu diria.

2. É uma mentira MUITO bem elaborada. Até demais.

No quesito elaboração de mentiras fantasias para crianças, os holandeses são imbatíveis. Porque o Sinterklaas não se resume à criança acordar e encontrar o presente. Nãããooo, tem muito mais!

Jornal do Sinterklaas

Tem até jornalzinho na tv!

Tudo começa ainda em novembro, três semanas antes da noite dos presentes. A criançada acompanha o Sinterklaasjournaal (Jornal do Sinterklaas) na TV, que mostra diariamente como andam os preparativos para a chegada dele na Holanda. Mas todo ano tem algum problema:

  • Teve um ano em que ele partiu da terra onde ele vive, a Espanha, e se esqueceu do seu cajado;
  • Noutro, o que ficou para trás foi seu livro, onde está anotado como as crianças se comportaram e também que presentes elas desejam;
  • Em 2016 foi a vez de seu barco a vapor estar tão carregado que quase afundou pelo caminho. Jogar os presentes fora, obviamente, não era uma opção.

Como termina? Será que ele vai conseguir chegar à Holanda? Será que as crianças vão receber seus presentes?

Eu me divirto assistindo ao programa com as crianças. Parece que elas estão acompanhando uma novela, ansiosíssimas para saber se vai ter Sinterklaas ou não. Todo.santo.ano!

Claro que no final tudo sempre acaba bem. E daí a cada ano ele chega a uma cidade holandesa diferente, que foi previamente eleita a cidade oficial. Em 2017, a escolhida foi Dokkum, que fica na província de Friesland. A chegada do Sinterklaas é transmitida ao vivo, para todo o país. Tá sentindo o nível da coisa?

Mas como ficam as crianças que moram em outras cidades e querem ver o Sinterklaas de perto? Isso não é problema, já que…

3. O Sinterklaas tem um desfile só dele, por toda a Holanda

Sinterklaas chegando de barco ao Rijnkade, Arnhem

Atenção ao detalhe: o barco tem até a banderinha da Espanha!

O Sinterklaasintocht, ou a Parada do Sinterklaas, que começa com a chegada do velhinho na cidade oficial, acontece em todo o país. O dia do desfile do Sinterklaas nas demais cidades pode variar (confira locais e datas aqui). Mas muitas acabam optando por fazer logo após a transmissão da TV.

Então, num passe de mágica, o Sinterklaas que estava agorinha mesmo na TV chega de barco ao Rijnkade em Arnhem, onde é recebido por uma multidão de crianças.

A coisa é toda muito solene: ele é recebido pelo próprio Prefeito. Enquanto isso, os Zwarte Pieten distribuem biscoitinhos (kruidnoten, adoooro) e um mix de docinhos típicos da época (strooigoed) para a criançada. Em seguida o Sinterklaas parte em seu cavalo, Amerigo, para um desfile pelo centro da cidade:

https://www.youtube.com/watch?v=jJHnb7Whyyo

A banda acompanha tocando música típica da época. Como é Sinterklaas, zero chance de ouvir “Então é Natal” da Simone. Graças aos céus! #trauma

Cerca de duas horas mais tarde, ele finalmente chegou ao Korenmarkt. Lá havia mais uma porção de crianças à espera dele, enfrentando uma sensação térmica de -3°C. Mas a julgar pela animação delas, nem parecia que o frio era tanto.

Crianças no Korenmarkt em Arnhem para o Sinterklaas

Criançada pintando o rosto, muita música… e uma friaca que vou te contar!

A Parada termina com o Sinterklaas recebendo as chaves da sua morada, que em Arnhem é o Historische Kelders. Lá as crianças podem visitá-lo, de acordo com a programação. Acha que acabou aí? Sabe de nada, inocente!

Ainda faltam três semanas até o dia do Sinterklaas. Nesse meio tempo, ele tem muito trabalho ainda…

4. O Sinterklaas distribui presentinhos (quase) todas as noites

Depois da chegada do velhinho, é claro que as crianças não vão ficar esperando pacientemente pelo seu presente. Mas o Sinterklaas é tão bonzinho que todas as noites distribui schoencadeautjes, que são os “presentinhos do sapato”. O esquema pra ganhar o presente é simples.

É só colocar o seu sapato em um lugar estratégico (de preferência com uma cenourinha de presente pro Amerigo) e pimba! Tá lá seu presente. A não ser quando o Zwarte Piet faz alguma confusão e não entrega, como mostra o Sinterklaasjournal. As lembrancinhas podem ser kruidnoten, chocolate, ou até um brinquedinho. Mas tudo de valor baixo, senão não há Sinterklaas que aguente!

Eu que não sou boba nem nada, também deixo meu sapato. O Zwarte Piet aqui em casa é que não vai querer uma DR porque eu não recebi nada, né? Então todo dia chega mais um presentinho:

Lembrancinhas do Sinterklaas

Olha só o que eu encontrei na minha bota: uma letra de chocolate com a inicial do meu nome. Chocolate Tony’s é tudo de bom! (Era pra ter mais presentinhos na foto, mas eu não resisti e comi antes, sorry)

E como essa entrega de presentes é feita?

O Sinterklaas sobe no telhado das casas com seu cavalo. Mas quem faz o trabalho sujo é o Zwarte Piet. Sim, o trabalho é sujo mesmo: de tanto descer chaminés abaixo, o ajudante acaba ficando todo preto. Bom, pelo menos é isso o que dizem. Mas nem todo mundo compra essa história, não. E isso tem dado uma treta…

5. Sinterklaas: tradição ou racismo?

A mais nova “tradição” do Sinterklaas é discutir, todo ano, se a festa é racista. Afinal, pessoas brancas se pintam de preto para ser o ajudante do São Nicolau. Tem gente que acha isso uma ofensa às pessoas negras e tem de acabar.

Zwarte Piet em Arnhem

Outros defendem que existe um motivo para o Piet ser da cor que é: a chaminé. E que só agora, em nome do politicamente correto, é que resolveram mexer numa tradição holandesa. Felizmente há quem se esforce para tentar resolver essa polêmica.

Cidades maiores, como Amsterdã, decidiram em 2016 que o Piet não seria todo preto, mas apenas sujo da fuligem da chaminé. É uma saída elegante. Entretanto, a maioria das cidades, principalmente as menores, continua com o Zwarte Piet tradicional. O que será que causa tanta resistência?

Acho que, na visão do holandês, mudar significa concordar com a acusação de racismo. E eles não enxergam racismo em se pintar de preto pra fazer palhaçadas sem ser reconhecido. É mais ou menos tentar dizer para um brasileiro que puxar os olhinhos para imitar um oriental é racista.

Tanto nosso povo não entende assim, que até deu um rebu danado nas redes sociais recentemente. Agora imagina se nós tivéssemos toda uma festa, tão grande quanto o Natal, em cima disso!

Para mim, foi um choque ver o Zwarte Piet pela primeira vez. Assim como foi um choque para o meu marido quando viu a Mulata Globeleza dançando semi-nua na TV. Cada país com a sua loucura! No final, eu acabei ouvindo o conselho do maridón.

Tem Zwarte Piet até no Pet Shop!

No interior é assim: você encontra Zwarte Piet distribuindo kruidnoten até no Pet Shop. Se for brigar com todo mundo…

“Pare de tentar encontrar explicações lógicas nessa festa. Sinterklaas é pra ganhar presente. Foca no presente!”. Entendido. Aliás, quando é que eu ganho o meu? Porque já tô rolando de gorda com tanto chocolate!

E daí vem mais uma curiosidade sobre essa festa.

6. O Sinterklaas não é comemorado junto com o Natal

O Sinterklaas é comemorado na Holanda no dia 5 de dezembro. Essa data também é conhecida como Pakjesavond, ou a noite dos presentes. Assim, os presentes são dados na véspera do dia de São Nicolau, 6 de dezembro. Mas depois que os presentes foram dados, o que sobra pro Natal?

Presentes de Sinterklaas

Presente de Natal? Não, de Sinterklaas! (Foto:Jan Brunemann/Flickr [CC BY-NC-ND 2.0])

Sobra a família, oras! Você já escutou pessoas reclamando do quanto o Natal se tornou uma festa comercial e que as pessoas se esqueceram sobre o que a data realmente é? Na Holanda, graças ao Sinterklaas, isso não é problema. O Natal tem um caráter mais religioso e família. Já o Pakjesavond é muito divertido!

O que os holandeses aprontam no Pakjesavond eu conto no meu próximo post. Bora conferir? :)

Booking.com

14 Comments

  • comment-avatar
    Lidiane Albuquerque 11/12/2016 (10:22)

    Muito legal saber todas essas curiosidades ! Ano passado estive em Amsterdam pela primeira vez e foi bem no dia do desfile, adorei participar desta festividade !

  • comment-avatar
    Gabi Pizzato 11/12/2016 (02:05)

    Robbie! Adoro a Holanda e não duvido nada que essas maluquices aconteçam com ou sem erros pelo meio do caminho. Me diverti com o teu post! E… Foca no presente!

  • comment-avatar
    Naná Coutinho 10/12/2016 (23:48)

    Que post sensacional! E o papai noel holandês vive na Espanha! Haahaha

  • comment-avatar
    Adriana 10/12/2016 (21:03)

    Gostei MUITO dessa história do Papai Noel holandês que não é papai Noel.

  • comment-avatar
    Fernanda Souza 10/12/2016 (18:41)

    Hahaha. Rindo demais. A Holanda é realmente uma terra muito louca. Impressionada com a história do Sinterklaas. Também quero deixar meu sapato e ganhar chocolate 🙂

  • comment-avatar
    Bianca Cavalcanti 10/12/2016 (18:25)

    Tô adorando ler sobre essas curiosidades da Holanda. Nunca imaginei que fosse tão diferente…

  • comment-avatar
    Lucas Nascimento 10/12/2016 (18:03)

    Que de mais!!! Adorei seu post!
    Cultura é tudo e deve mesmo ser preservado mesmo como ”mentira”. hehe

  • comment-avatar
    Zudi Dadalt 10/12/2016 (14:33)

    Estou curtindo muito seu blog. Adoro conhecer um país pelos olhos de um brasileiro vivendo lá. É bem diferente do relato de quem está apenas passando como turista. Poder comparar duas culturas diferentes é muito interessante.

  • comment-avatar
    Amigas viajantes 10/12/2016 (10:23)

    Adorei conhecer o papai noel de lá. Belo post

  • comment-avatar
    LUIS FELIPE AFONSO 10/12/2016 (01:34)

    Que legal! Amei conhecer algumas cidades holandesas, mas tradições como essa continuam me surpreendendo! Acho a Holanda muito massa!

  • comment-avatar
    Renata 05/12/2016 (17:02)

    Ótima explicação! Parabéns 🙂

  • comment-avatar
    Fernanda 03/12/2016 (11:18)

    Muito legal a sua explicação! Estou mandando pro povo do Brasil entender que aqui tem duas festas então dieta só em 2017 hahahahaha

    • comment-avatar
      Robbie Robbie 03/12/2016 (12:15)

      Obrigada, Fernanda! 🙂
      Pra complicar ainda mais, os docinhos holandeses dessa época são a alegria e a perdição na vida de qualquer pessoa. Ainda junta com o frio que não dá vontade de fazer nada… né brinquedo, não, hahahaha!!