Giethoorn: Veneza da Holanda não tem ruas, só canais (Roteiro com mapa)

10
Giethoorn é um vilarejo na Holanda a 120 quilômetros de Amsterdam, onde barcos passeiam pelos canais, já que lá não existem ruas

Giethoorn é um vilarejo que parece saído de um conto de fadas. Também conhecido como Veneza da Holanda, é famoso por suas pontes, canais e o fato de que lá não há ruas! Giethoorn é um ótimo destino para um bate-volta de Amsterdã ou outras cidades do país, mas também vale uma pernoite para explorar melhor a região.

Aqui você vai conhecer mais sobre Giethoorn e encontrar informações sobre o que fazer na cidade, com direito a um mapa com roteiro. Se preferir, clique em um dos itens abaixo para ir direto ao assunto do seu interesse:

 Vale a pena? | O que fazer | Melhor época para visitar | Como chegar | Onde ficar |
Onde comer | Mapa com roteiro

Vale a pena conhecer Giethoorn?

Sim, vale muito a pena! Giethoorn fica a apenas 120km de distância de Amsterdã. Apesar de ser próximo, o vilarejo tem uma vibe bem diferente da capital. No lugar dos prédios estreitos, você vai encontrar casas enormes com telhados de palha. E, em vez de ruas, essas casas têm canais ao seu redor. É como se os moradores vivessem numa ilha particular!

Casa de palha típica de Giethoorn, vilarejo conhecido como a Veneza da Holanda, cercada por canais e pontes
Já pensou ter uma "ilha" dessas pra chamar de sua? *.*

Para cruzar de um lado pro outro na parte antiga do vilarejo, só usando uma das 180 pontes que tem no local. No máximo você encontra uma trilha estreita pra pedestres e bicicletas, mas nada de carro por lá!

Barco é o meio de transporte utilizado. Os mais tradicionais ainda usam o Gieterse punter, uma espécie de gôndola típica da região. Foi assim que Giethoorn acabou ganhando o apelido de Veneza da Holanda.

Jovens transportam lenha nos canais de Giethoorn usando o Gieterse punter, uma espécie de gôndola típica de Gietehoorn. O vilarejo é conhecido como a Veneza da Holanda.
Moradores de Giethoorn transportam lenha usando o Gieterse punter. Era assim que todo mundo se locomovia nos canais de Giethoorn antes de existir o barco elétrico.

 ↑ Voltar para o início

O que fazer em Giethoorn

Eu separei uma listinha esperta com 5 coisas para fazer em Giethoorn:

1. Passeie a pé e aproveite cada momento

Pra começar o passeio com o pé direto, o negócio é desacelerar. Caminhe calmamente, tire fotos, sente-se em algum terraço e tome uns drinks enquanto vê os barcos passarem. E, claro, não deixe de fazer um passeio de barco você também!

casal deitado na grama tomando sol na beira do canal enquanto vê um barco passeando pelo canal de Giethoorn, a Veneza da Holanda
Se preferir deitar na grama pra ver os barcos, também pode! (Divulgação/Marketing Oost)

 ↑ Voltar para o início

2. Passeio de Barco

Agora que você já está mais relaxado, explore Giethoorn como os locais: pela água!

A primeira opção é fazendo uma excursão de barco pelos canais. Ela dura 1 hora e o capitão conta mais sobre o vilarejo e mostra os principais pontos pra você. Você pode reservar o seu passeio aqui.

Se preferir, dá pra fazer um pacote que inclui ônibus fretado saindo de Amsterdã + o passeio de barco – saiba mais aqui.

Excursão de barco faz tour pelos canais de Giethoorn e pode ser agendado online para evitar filas
O barco da excursão super combina com a paisagem de Giethoorn, você não acha?

Veja também:
Como alugar um barco para o Dia do Rei em Amsterdã
Passeio de barco em Amsterdã: Alerta de Promoção!

A segunda opção é alugando o seu próprio barco. Você não precisa ter licença, já que eles são de baixa velocidade. Ao alugar, você recebe instruções de como operar o barco e um mapa com diferentes rotas.

É o que o maridón e eu fazemos quando vamos a Giethoorn. Daí a gente aproveita e vai até a lagoa BovenwijdeLá tem uma ilhazinha que é bem simples, mas serve de parada para fazer um piquenique e nadar. Perfeito pra quem visita Giethoorn no verão!

crianças nadam no Bovenwijde, lagoa que fica em Giethoorn
Nós visitamos Giethoorn no dia mais quente do ano: a temperatura passou dos 35°C! Hora de dar um tchibum no Bovenwijde!

Para fazer uma reserva de barco online, dê uma conferida nesta listinha aqui. O aluguel custa a partir de €15 a hora, de acordo com o modelo do barco. Eu recomendo alugar por pelo menos 2 horas – se você estourar o tempo é só pagar a diferença na devolução.

Também é possível fazer a excursão ou alugar o barco na hora. Praticamente todo o comércio da cidade vive disso! Então, a princípio, é só chegar lá, alugar e partir pro abraço. Mas falo por experiência própria: não recomendo essa tática, porque você corre o sério risco de ficar na mão. É sério!

Congestionamento de barcos no canal em Giethoorn, a Veneza da Holanda onde carro não entra
A procura é tanta que o vilarejo onde carro não entra acaba tendo congestionamento... de barcos!

Agora, se você é do tipo ligado no 220 e passeio de barco é muito paradão pra você, talvez a próxima opção seja mais a sua cara.

 ↑ Voltar para o início

3. Praticar Esportes Aquáticos

Passeio de caiaque pelos canais de Giethoorn, a Veneza da Holanda
(Divulgação/Marketing Oost)

Quem disse que Giethoorn é só pra passear de barco? Lá você também encontra aluguel de canoa, caiaque e stand up paddle (o link é o mesmo do aluguel de barcos que eu postei no item anterior). Quem tem equipamento próprio até aproveita a lagoa Bovenwijde pra praticar esporte a vela e windsurf!

 ↑ Voltar para o início

4. Eventos em Giethoorn

Há vários eventos que acontecem em Giethoorn durante o ano, com direito a festivais de música, culinária e até de cerveja. O meu destaque fica para o Gondelvaart Giethoorn, um desfile noturno de barcos alegóricos iluminados que atravessa os canais da cidade.

Gondelvaart Giethoorn, desfile de barcos alegóricos iluminados que acontece em Giethoorn, na Holanda
(Divulgação/Marketing Oost)

Gondelvaart Giethoorn
Todos os anos, no último sábado de agosto
Início do evento: 16h00; Desfile de barcos: 20h00
Grátis
Site

Confira o calendário de eventos em Giethoorn aqui.

 ↑ Voltar para o início

5. Topar com curiosidades locais

Ao passear por Giethoorn, alguns locais podem chamar a sua atenção. Como os museus a seguir:

  • Museu Giethoorn ’t Olde Maat Uus: fazenda onde voluntários remontam a vida rural no vilarejo por volta de 1800. Site
  • Museu De Oude Aarde: dedicado a exibição de pedras preciosas, minerais e fósseis. Site

Outra curiosidade são as homenagens ao filme Fanfare, de 1958. Essa comédia holandesa foi filmada lá em 1958 e acabou tornando Giethoorn conhecida mundialmente! Por isso, lá você encontra de esculturas espalhadas pelo vilarejo até um restaurante, o Café Fanfare, com decoração e objetos usados no filme.

próximo aos canais de Giethoorn, a Veneza da Holanda, você encontra uma escultura do ator Albert Mol, que atuou no filme Fanfare, de 1958
Escultura em homenagem ao ator Albert Mol, que atuou no filme Fanfare

O filme é em holandês, mas está disponível no Youtube com com legendas em inglês e espanhol.

Veja também: 10 dicas para aprender holandês de graça

Eu particularmente não recomendo focar sua visita nesses lugares, a não ser que você tenha muita curiosidade ou seja um assunto do seu real interesse. Mas como a vila é pequena e você certamente vai topar com eles pelo caminho, pelo menos você já sabe do que se trata. :)

Agora que você já tem uma ideia do que tem em Giethoorn, que tal saber quando ir?

 ↑ Voltar para o início

Melhor época para visitar Giethoorn

A minha mais sincera opinião é: visite Giethoorn durante a sua visita a Holanda. Não importa o mês do ano. Como as estações daqui são bem marcadas, cada época vai te dar uma visão bem diferente – e única – do local.

Por morar aqui, eu prefiro visitar no verão. Assim aproveito para nadar, já que no litoral o mar é geladérrimo, mesmo quando tá calor. Porém, esse é também o período da alta temporada (julho e agosto) e a cidade enche de turista. Por isso, se possível, evite os finais de semana.

A primavera também faz bonito. É a época das tulipas e Giethoorn fica só a 30km da maior rota de campos de tulipas do mundo!

Agora, se a sua ideia é visitar Giethoorn no inverno, prepare-se: se o frio for intenso, você vai ver as casinhas cobertas de neve e os canais virando uma enorme pista de patinação no gelo!

Giethoorn no inverno: casas ficam cobertas de neve e os canais congelam e se transformam em uma enorme pista de patinação no gelo
Se o canal congelar não vai dar pra passear de barco. Mas com um cenário desses, dá pra reclamar? (Divulgação/Marketing Oost)

Veja também:
Holanda debaixo da neve: fotos e histórias dos brasileiros que vivem aqui
Onde encontrar pista natural de patinação no gelo
Como é patinar nos canais de Amsterdã (e cair dentro d'água!)

 ↑ Voltar para o início

Como chegar a Giethoorn

Excursão para Giethoorn saindo de Amsterdã

Se você está turistando em Amsterdã, o jeito mais fácil para chegar a Giethoorn é fazendo uma excursão.

Você pega um ônibus que sai do centro de Amsterdã e em 1h30 chega a Giethoorn. A excursão custa €89 e também inclui um tour de barco de 1h pelo vilarejo. Botando na ponta do lápis vale muito a pena, já que só de transporte público você pagaria cerca de €50 (total ida e volta) e ainda levaria 2h30 para chegar até lá. Saiba mais aqui.

Também dá pra fazer a excursão trocando o passeio de barco em Giethoorn por um pelos canais de Amsterdã (veja aqui) ou ainda com um combo em que você conhece no mesmo dia a cidade de Enkhuizen e os pôlderes da região (saiba mais aqui).

Se você está em outra cidade ou prefere ir de transporte público, veja a seguir como fazer.

Como chegar a Giethoorn de transporte público

Por ser um vilarejo muito pequeno, Giethoorn não tem estação de trem. Por isso, você tem de pegar um trem até a Estação Steenwijk. Planeje no site da NS a rota a partir da sua cidade.

De lá, você vai pegar o ônibus 270 – Giethoorn Express e descer no ponto Dominee Hylkemaweg. O trajeto de ônibus leva cerca de 15 minutos.

Dica: como esse ônibus passa a cada 30 minutos (ou 1 hora na baixa temporada), é bom conferir o horário de partida do ônibus e se programar pra chegar lá no horário. ;)

Como chegar a Giethoorn de carro

Você sabia que a carteira de habilitação brasileira é aceita na Holanda para quem tem tem visto de turista? Aí é só pesquisar os melhores preços pra alugar um carro e cair na estrada!

Amsterdã fica a 120km de distância de Giethoorn e leva 1h30 de carro para chegar até lá. Planeje sua rota até este estacionamento gratuito em Giethoorn usando o Google Maps.

Dica: é melhor chegar cedo se quiser vaga neste estacionamento! Outra dica é usar os estacionamentos do 't Zwaantje ou do Smit Giethoorn, que não cobram de clientes que alugam barcos com eles.

 ↑ Voltar para o início

Onde se hospedar

Giethoorn é um lugar tão gostoso que, mesmo dando pra conhecer em 1 dia, a gente acaba sentindo vontade de ficar mais um pouco. E lá tem bastante opção. Dá pra se hospedar em hoteis da região, bread & breakfast ou até mesmo numa casa típica do vilarejo!

Assim você pode aproveitar e conhecer melhor Parque Nacional Weerribben-Wieden, uma área de preservação ambiental da qual Giethoorn faz parte. Ou então dar aquela esticadinha na primavera até os campos de tulipas que eu já falei lá em cima. :)

Veja opções de hospedagem aqui.

Moinho de vento no Parque Nacional Weerribben-Wieden, onde fica Giethoorn, a Veneza da Holanda cercada por canais e onde carros não entram
O Parque Nacional Weerribben-Wieden é uma ótimo passeio para amantes da natureza! (Divulgação/Marketing Oost)

 ↑ Voltar para o início

Onde comer

De modo geral, os cafés e restaurantes de Giethoorn estão todos no mesmo nível. Para quem busca algo especial, a dica é ir ao De Lindenhof, restaurante que há anos ostenta 2 estrelas do Michelin.

Já pra quem quer economizar, eu recomendo uma passadinha no supermercado De Spar e fazer um piquenique no vilarejo. Também é uma ótima pedida pra quem quer carregar o barco de bebida geladinha!

 ↑ Voltar para o início

Mapa com Roteiro

Todos os locais mencionados neste roteiro você encontra no mapa abaixo:

Curtiu as dicas? Então retribua e compre seus ingressos e faça sua reserva de hotel para qualquer destino no mundo via Holandesando. Você evita filas, não paga nada mais por isso e ainda ajuda o Holandesando, que recebe uma pequena comissão que ajuda na manutenção do site. Assim eu consigo viajar pela Holanda e trazer sempre mais novidades pra você. Ajude quem tem ajuda! ;)

Salve no Pinterest:

RESERVE SEU HOTEL COM O HOLANDESANDO Booking.com

10 COMENTÁRIOS

  1. Que lugar interessante, não é possível alugar uma dessas casinhas para passar uma noite? A ideia de alugar um barco é interessante, mas não os canais não ficam meios entupidos? Como costumo viajar sozinha com o meu filho, acho que risco já essa opção.

    • Oi, Ruthia! Na parte de “onde se hospedar” tem link para aluguel de casa em Giethoorn! E no verão tem que ter um pouco de paciência nos canais, mas dessa última vez eu dei sorte e tava super tranquilo!
      Abraços!

  2. Com certeza vale a pena conhecer e sair das mesmice, nao conhecia a cidade, mas por ser perto de amsterda vale a pena um bate volta. Pelas fotos o lugar é lindo.

  3. Que lugar mais incrível! Eu não conhecia, mas pelas fotos, achei mais charmoso q Veneza (pretensiosa eu??). Parece ser mais vazio e pacato, por isso.o charme!
    Amei a dica!

    • Na verdade lá pode ser bem cheio no verão. A gente pensou que ia ser assim novamente, até porque era o dia mais quente do ano… mas demos muita sorte dessa vez! 😀

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.