Visite a Sala de Espera VIP da Família Real Holandesa

13
Escadaria da Sala de Espera da Família Real na Estação Amsterdam Centraal
(Foto: © Martin Kers)

A Sala de Espera da Família Real, na Estação Amsterdam Centraal, é um daqueles tesouros escondidos da cidade. Vem ver como é por dentro e saiba como visitá-la você também!

Quem passou recentemente pela estação Amsterdam Centraal deve ter visto, na saída, algo no mínimo inusitado: um espaço com duas enormes vitrines e, lá dentro, uma bela escadaria.

O que fazer em Amsterdam: ver a escadaria da Sala de Espera da Família Real na Estação Amsterdam Centraal
Quem olha de fora logo pensa: "o que será isso?" (Foto: © Martin Kers)

Essa é simplesmente a entrada da Sala VIP mais VIP de todas. Estamos falando da Sala de Espera da Família Real Holandesa. Sim, é lá que eles aguardam o trem quando vão viajar!

"Ah, tá, até parece que o Rei e a Rainha vão andar de trem por aí". Pois acredite, de vez em quando eles usam, sim! Como no Dia do Rei de 2017, quando a família real foi comemorar o aniversário do monarca em Tilburg.

Leia também: Trem-bala liga Londres a Amsterdã em apenas 3h40 de viagem

Pegar trem, tudo bem. Mas deixar a família real plantada na plataforma junto da plebe, sem chance!

Por isso, ainda no século 19, quando viajar de trem era sinônimo de status, foram construídas salas de espera em diversas estações especialmente para a realeza. A sala de Amsterdã é uma das poucas que sobraram desse período de glória.

Um Segredo de Amsterdã finalmente revelado

A verdade é que durante muito tempo a Sala de Espera Real foi um tesouro escondido de Amsterdã. Tem muito Amsterdammer nascido e criado que nem sabe desse lugar!

Por isso mesmo é que a família real decidiu expor essa pequena jóia para os seus cidadãos. Mas eu, detetivona que sou, não só conhecia há tempos como já visitei duas vezes lá dentro!

Holandesando visita a Sala de Espera da Família Real na Estação Amsterdam Centraal
Holandesando visitando a sala que é só pra vipão. Só falta a musiquinha do Amaury Jr. pra acompanhar!

Então hoje eu vou contar um pouco da história desse lugar e explicar como visitá-lo também. Porque a gente tem que sair um pouco daquele circuito óbvio de Amsterdã, não é mesmo? :)

Veja também: visite o Palácio Noordeinde, o local de trabalho do Rei, em Haia

Pra começar o passeio, a gente precisa primeiro entrar na Estação Amsterdam Centraal. O segundo passo é encontrar a plataforma de acesso à sala de espera. É aí que a mágica começa a acontecer.

A Plataforma (nada) secreta na Estação de Amsterdã

Se você tá esperando eu dizer que a plataforma de embarque é 9 3/4, lamento te decepcionar. A plataforma da Sala de Espera da Família Real é a 2B. Mas acredite, é muito divertido pra mim passar por lá.

É que bem em frente à plataforma fica esse portão dourado que passa despercebido por todo mundo. E adivinha o que tem lá dentro? Ou ainda, quem pode estar lá dentro?

Entrada da Sala de Espera da Família Real na Plataforma da estação de trem Amsterdam Centraal
Esse portão todo trabalhado e com uma coroa no alto passa batido por todo mundo!

Agora sim tá parecendo Harry Potter, né, gente? Tá visível pra todo mundo da estação, mas pelo jeito ninguém vê! Será que o trem pra Hogwarts também pára ali?

Enquanto a gente não descobre isso, o jeito é entrar e ver como é esse lugar por dentro de uma vez por todas!

Conhecendo a Sala de Espera da Família Real por dentro

Logo que a gente passa pelo portão dourado, vem mais um portão, com vitrais lindos. Neles a gente vê os brasões de cada uma das províncias da Holanda. Quer dizer, tem uma província que ficou de fora, tadinha!

Tapete e Vitrais da Sala de Espera da Família Real, uma ótima dica de passeio em Amsterdam
Vitral na entrada da Sala de Espera homenageia *quase* todas as províncias holandesas. (Foto: © Martin Kers)

É a província de Flevoland. Na época em que a sala de espera foi inaugurada, em 1889, Flevoland sequer existia. Ela era pura água! Quase 100 anos mais tarde é que a província surgiu, depois de a área ter sido devidamente drenada.

A Sala de Espera Real foi criada pelo arquiteto Pierre Cuypers, que também projetou a Estação Amsterdam Centraal. Ele não só fez o projeto arquitetônico, como pensou em todos os detalhes da sala. Tudo para homenagear o Rei Willem III e a sua esposa, a Rainha Emma. Mas adivinha só? O rei detestou!

Sala de Espera da Família Real na Estação Asterdam é uma ótima dica do que fazer em Amsterdã. Do lado esquerdo vemos a luminária e mesa e do lado direito o banheiro secreto usado pelo rei.
Na porta à direita há o lema em latim adotado por Willem III, quando se tornou rei aos 18 anos: "Um dia o graveto se torna árvore". O que será que essa porta esconde? Já já eu conto! (Foto: © Martin Kers)

Mais que isso: o rei jamais visitou o sala. Nem ela, nem outra famosa obra do Cuypers, o Rijksmuseum. Já deu pra sentir o cheirinho de treta daí, né?

O Rei Willem III tinha fama de ter um temperamento dificílimo. E o fato de ele ser protestante e o Cuypers católico não ajudava em nada. O rei via muitas referências católicas na obra do Cuypers. Sobre o Rijksmuseum, ele disse que "jamais botaria os pés naquele monastério". Xiiii...

Sorte do Cuypers que o rei já não andava lá muito bem de saúde e faleceu pouco tempo depois. No final, o Willem nem pôde conhecer o que tinha dentro dessa porta secretíssima do lado direito da foto.

É lá que fica o trono, digo, o banheiro do rei. Nós, seres humanos comuns, não temos acesso a essa área. É sério mesmo! Se bem que eu até entendo. É meio estranho ficar exibindo a sua privada por aí, né?

Portões de acesso à saída da Sala de Espera da Família Real em Amsterdam Centraal
(Foto: © Martin Kers)

Continuando o tour, a gente chega às escadarias que eu falei no início do texto. Lá embaixo estão dois portões gigantescos, por onde entrava a carruagem para buscar a realeza.

Com a instalação das vitrines, a única saída que sobrou foi o portão frontal. Agora a família real tem de sair e entrar no carro. Bem mais moderno, sem dúvida!

Como visitar a Sala de Espera da Família Real

É possível visitar a Sala de Espera Real com um passeio guiado que acontece mensalmente. Durante 1 hora um guia especializado vai contar vários detalhes do local. Algumas coisas que eu aprendi nessa tour eu já mostrei hoje. Mas esse lugar é tão cheio de História que eu recomendo fortemente que você vá visitá-lo pessoalmente!

O tour tem um número limitado de visitantes e custa atualmente € 15 por pessoa. A reserva é feita neste link.

Também é possível reservar a visita para a sala na Estação Den Haag Hollands Spoor, em Haia, e para a sala da Estação Baarn. Mas é preciso estar atento a um detalhe muitíssimo importante.

O que fazer em Haia: Visitar a Sala de Espera da Família Real na Estação Den Haag Hollands Spoor
Sala de Espera da Família Real em Haia. (Foto: © Martin Kers)

Para qualquer uma dessas opções, o tour é feito em holandês! Se só visitar o local já basta pra você, tudo bem. Caso contrário, dá pra preencher um formulário perguntando sobre a possibilidade de fazer o passeio em inglês e torcer pra resposta ser positiva.

Agora, se um passeio à Holanda ainda vai demorar um pouco ou se você quer ver essas salas neste exato momento, o Holandesando tem uma solução. E o melhor: uma solução grátis!

Faça um passeio virtual pelas Salas de Espera da Família Real

É isso aí: dá pra visitar virtualmente todas as salas de esperas. É só clicar neste link e fazer o tour. A única coisa chata é que, mais uma vez, todas as informações estão disponíveis apenas em holandês. :(

Tá vendo só como essa história de que "dá pra viver na Holanda só falando inglês" é uma meia-verdade? Aproveita e dá uma olhadinha nessas dicas para aprender holandês de graça!

Salve no Pinterest:


Fontes

  • Visita guiada à Sala de Espera Real na Estação Amsterdam Centraal, em agosto de 2015 e agosto de 2016
  • Nolet, Robert e Honing, Ton. Koninklijke Wachtkamer. Rage BV, 2013
  • Assessoria de Imprensa Artifex e NS
RESERVE SEU HOTEL COM O HOLANDESANDO Booking.com

13 COMENTÁRIOS

  1. Será que eu passei em frente nas mil vezes que estive na Centraal Station?! Adoro estes lugares escondidos, cheios de história. Se um dia eu voltar à AMS vou tentar visitar sim, mesmo não falando nada de holandês. Quando estive em Berna, visitei o parlamento em uma visita em francês. Não falo francês. Fizemos perguntas em inglês; a guia não só respondeu, como passou a fazer o tour nas 2 línguas. Então, vai que né?! rsrs

  2. Adorei a história dessa sala top-super-mega-ultra vip! As pessoas passam pela porta dourada e nem imaginam o que está lá dentro. Fiquei pensando se passei por ali nas minhas andanças de trem pela Holanda. Provavelmente sim! E nem reparei! rsrsrs Uma pena o tour ser em holandês (acho que a opção em inglês é torcer muito pela sorte como você falou).

    • Eu sou da opinião de que sempre vale a pena arriscar, né… ainda mais nesse caso, que foi a própria assessoria de imprensa que falou que dava pra pedir o tour em inglês. Então dá pra ter esperança, sim! 😀

  3. Nossa, que incrível poder conhecer um lugar tão reservado e cheio de história! Adorei o post, arrasou 🙂

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.